https://cbpc.org.br/wp-content/uploads/2017/11/1-6.jpg

Vocês são o sal da terra; ora, se o sal vier a ser insípido, como lhe restaurar o sabor? Para nada mais presta senão para, lançado fora, ser pisado pelos homens. Vocês são a luz do mundo. Não se pode esconder uma cidade situada no alto de um monte. Nem se acende uma lamparina para colocá-la debaixo de um cesto, mas num lugar adequado onde ilumina bem todos os que estão na casa.Assim brilhe também a luz de vocês diante dos outros, para que vejam as boas obras que vocês fazem e glorifiquem o Pai de vocês, que está nos céus.”

Mateus 5: 13-15 NAA

Leia também:

  • João 8:12; 9:5
  • Marcos 4:21
  • Lucas 8:16; 11:33
  • 1 Pedro 2:12

      Esta passagem do sermão do monte está entre as mais conhecidas da Bíblia. Porém, muitas vezes ela é pouco compreendida por nós no que se refere a como ela se aplica em nossa vida. Cristo nos disse que somos Sal da Terra e Luz do Mundo. Normalmente, na primeira leitura que fazemos dessa passagem, o texto dá a entender que nós somos as pessoas que adicionam o sabor da presença de Deus na vida dos outros (sal), e levamos a mensagem de esperança e salvação na vida deles (luz). E de fato, essa interpretação está certa. Porém, o significado dessa passagem não se limita apenas a isso.

       Em um livro chamado “Cristão Contagiante”, os pastores Mark Mittelberg e Bill Hybels trazem uma reflexão muito interessante acerca dessa passagem, a qual foi usada para desenvolver todo o livro, e queremos compartilhar com vocês.

      É uma reflexão que consiste em tentar descobrir como essa passagem se aplica em nossa vida estudando as características do sal e da luz. Por exemplo, o sal tem três características: ele provoca sede, adiciona sabor aos nossos alimentos, além de conservá-los, retardando seu apodrecimento. Qual dessas características Jesus estava se referindo quando disse que somos Sal da Terra? A resposta é: todas.

       Porque quando vivemos em sintonia com o Espírito Santo, com um senso de propósito, alegria e paz, isso costuma provocar sede espiritual nas pessoas. Nós já escutamos vários testemunhos do tipo: “No meu trabalho, eu conheci Fulano(a), que tinha um jeito de falar e um modo de viver diferente do meu. E isso foi me chamando a atenção, porque notei algo especial nele(a)…”. Quantos testemunhos parecidos com esse você já ouviu?

      Quando vivemos nossa fé com autenticidade, e tratamos as pessoas com o amor de Deus, respeito, e empatia; isso pega elas de surpresa, fazendo com que adicionemos sabor à vida delas. Além disso, quando decidimos viver de maneira honrada, nossa influência ajuda a retardar a decadência moral da sociedade. Quando usamos nossa voz para combater o aborto, o racismo, etc, ajudamos a melhorar o mundo. Se estivermos honrando a Deus em nosso modo de viver, ele continuará nos usando para deter a onda do mal que ameaça a terra, E Você tem sido SAL e LUZ?

Continuaremos nossa visão de ser sal e luz na próxima semana.

Por João PedroSupervisão de Adenildo Souza