https://cbpc.org.br/wp-content/uploads/2017/11/1-6.jpg

     É evidente a importância dos Pequenos Grupos Multiplicadores para a propagação do Evangelho, pois quando um novo PGM é formado, isso significa que mais um lar foi aberto para reunir pessoas para a glória de Deus na vida das pessoas daquela região, tendo em mente que elas podem, eventualmente, frequentar a igreja local e visitar esse novo PGM formado. E isso significa que o grupo pode crescer a ponto de precisar haver uma multiplicação, para que novos PGMs sejam formados em novas regiões, criando novas oportunidades. Porém, a questão é: como garantir uma multiplicação saudável? O que fazer para ter certeza de que o novo grupo que será formado estará firme e funcional?

       Se você é líder de algum PGM (Célula, ou PG) e tem dúvidas a respeito disso, nós separamos cinco dicas que você pode aplicar desde cedo, que servem não só para ter uma multiplicação saudável, mas para te ajudar a ser um líder mais eficaz. Confira

1 – Ore

        Pode até parecer óbvio demais em se tratando de nosso meio, mas é justamente por causa disso que devemos pôr em prática. É muito importante que seu PGM esteja sob constante proteção espiritual. Ore pela vida de seus liderados, pelo o que Deus quer ministrar na reunião do grupo, para que Ele traga novas pessoas ao grupo, e te dê sabedoria ao exercer sua liderança. A Palavra nos diz uns plantam, outros regam e outros colhem, mas é Deus que faz crescer. Então, nunca se esqueça deste princípio.

2 – Demonstre empatia

      Como líder, é fundamental que você mostre preocupação com seus liderados, fazer com que cada pessoa se sinta acolhida e aceita pelo grupo, especialmente os visitantes. Exemplo: se você percebeu que alguém anda faltando às reuniões, entre em contato a pessoa e procure saber o porquê de ela estar faltando. É verdade que certos compromissos da vida podem fazer com que ela não vá nas reuniões, mas esse simples gesto mostra à pessoa que ela faz falta, possibilitando o retorno dela às reuniões em PGM.

3 – Discipule um novo líder

      Para haver a multiplicação, é preciso treinar um (ou dois) líder(es) para garantir que o novo PGM a ser formado tenha um líder capacitado, e um local de encontro. Se você é líder, saiba que você tem vai que ter “passar o bastão” um dia. Se você não fizer isso, você vai ficar sobrecarregado com o tanto de pessoas que você tem que liderar, os próprios apóstolos treinavam novos líderes para possibilitar a gestão de um maior número de pessoas.

4 – Incentive o evangelismo relacional

      Você e cada um seus liderados tem seus relacionamentos fora do grupo. E para que o PGM cresça em número, é importante que tanto você quanto seus liderados estejam convidando seus amigos (especialmente os não-crentes) para fazer parte do grupo. É uma ótima oportunidade de convidar e evangelizar aquela pessoa que jamais pisaria em uma igreja, caso ela aceite é claro. Você e seu PGM tem que estar sempre de braços abertos, incluindo e acolhendo todos que visitam o grupo.

5 – Fundamente os princípios centrais do Evangelho

         Por último, mas não menos importante, a Mensagem. Tudo o que você disser e fazer dentro do grupo tem que girar em torno de glorificar a Deus. Seus liderados precisam estar sempre bem cientes amor de Deus por elas ao saírem de cada reunião. Esteja sensível à direção Espírito para àquela reunião, tendo certeza absoluta de que seus liderados estão compreendendo a Mensagem e os propósitos de Deus.


  • João Pedro – Estagiário de Jornalismo
  • Adenildo Souza – Supervisão