ben-white-gEKMstKfZ6w-unsplash

Agindo, Multiplicando Novas Igrejas!

Assim, pois, as igrejas em toda a Judéia, Galileia e Samaria tinham paz, e eram edificadas; e se multiplicavam, andando no temor do Senhor e consolação do Espírito Santo. Atos 9:31.

O grande objetivo da ação missionária de uma igreja ou de uma agência Missionária é servir com o propósito de cumprir a missão deixada pelo Senhor da obra, conforme Atos 1:8: “Mas receberão poder quando o Espírito Santo descer sobre vocês, e serão minhas testemunhas em Jerusalém, em toda a Judeia e Samaria, e até os confins da terra”. Para isso, é preciso manter o foco na missão para que haja uma multiplicação e a formação de novos discípulos e de novas Igrejas.

Somos testemunhas de como, na Igreja primitiva, os líderes estavam focados; nada lhes atrapalhava e eles buscavam sempre, através da oração, a direção do Espírito Santo para agirem e avançarem com ousadia na proclamação e no testemunhar do nome de Jesus Cristo como o único Salvador: “Agora, pois, ó Senhor, olha para as suas ameaças, e concede aos teus servos que falem com toda a ousadia a tua palavra; enquanto estendes a tua mão para curar, e para que se façam sinais e prodígios pelo nome de teu santo Filho Jesus. E, tendo orado, moveu-se o lugar em que estavam reunidos; e todos foram cheios do Espírito Santo, e anunciavam com ousadia a palavra de Deus” Atos 4:29-31.

Ao longo do tempo, a igreja e a ação missionária passaram por muitas lutas, mas com oração e a direção do Espírito Santo, aconteceu um milagre a conversão de Paulo tudo mudou. Neste momento em Atos 9.31, podemos observar um tempo novo e uma mudança na vida da Igreja e das ações missionárias, “tinham paz”, ou seja, nas igrejas reinava a paz e todas elas eram “edificadas”. Com o crescimento e a edificação das igrejas no contexto espiritual, em maturidade e em progresso interno, podia haver uma expansão missionária, multiplicação das igrejas, vejam a expressão “se multiplicavam”, é muito profunda, pois nos revela que eles não perdiam o foco e que, cada vez mais, eles permaneciam “andando no Temor do Senhor”. Além disso, eles não deixavam a direção, a condução e a “consolação do Espírito Santo”, assim havia uma expansão missionária e uma grande multiplicação das igrejas e do Reino de Deus.

É tempo de agir, Não temam Igrejas Batistas do Planalto Central! Vamos avançar na expansão missionária do nosso campo participando desta CAMPANHA MISSIONÁRIA 2021, buscando edificar as nossas igrejas e avançando rumo a uma multiplicação de novos discípulos e de novas Igrejas no nosso campo. Ainda há muita gente para ser alcançada.
Que o nosso bom Deus, através do Espírito Santo, possa nos ajudar nesses desafios.


Pr. Joaquim Otávio Pereira da Silva
Pastor Titular na Igreja Batista no Parque Alvorada

Deixe um comentário